Wiki Eldarya

Boas-vindas à Wiki Eldarya!

Utilize o ícone de pesquisa para encontrar o que deseja.

Interaja através dos comentários nas páginas, do Discord e das Discussões.

Quer editar, mas não sabe por onde começar? Faça uma visita à página da Comunidade ou explore os links abaixo.


FAQ | Manual de edição | Layout de Páginas | Moderadores | Regras

LEIA MAIS

Wiki Eldarya
Advertisement
Spoileralert.png Atenção, esta página pode conter spoilers!


"O irmão de Valkyon, que estava morto, se escondia por trás da máscara de Ashkore! Lance agora tem apenas um objetivo: se vingar da Guarda d'Eel. Aqueles que entram em seu caminho devem tomar cuidado!" (The Origins)

"Mesmo parecendo impossível perdoar o Lance pelos erros que ele cometeu no passado, o chefe da Guarda Obsidiana mudou. Corajoso e prestativo, ele é sem sombra de dúvidas o melhor guerreiro do Q.G. Ele confia cegamente nas próprias emoções, o que dificulta uma eventual aproximação." (A New Era)


Homem Mascarado, também conhecido como Ashkore, aparece pela primeira vez no Episódio 2 (TO), libertando a Guardiã de sua cela. Ele é mal visto por Miiko e os membros da Guarda de Eel.

Todavia, a Guardiã não sabe julgar se ele é alguém bom ou mau, justamente por ele ter a libertado da prisão, mostrado o local onde um dos pedaços do Cristal estava escondido e ter dito a verdade que os membros da Guarda a omitiram. Ainda assim, a sua má reputação na Guarda faz com que ela tenha suas dúvidas.

História[]

Nota: Os seguinte artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, leia por sua própria conta e risco.

The Origins[]

Ele se apresenta primeiro como Ashkore[3], o nome de um antigo dragão. Mais tarde, é revelado seu rosto debaixo da máscara e consequentemente, seu nome: Lance, irmão de Valkyon e antigo chefe da Guarda Obsidiana, que todos acreditavam ter morrido[4][5]. Além disso, é revelado que ele possui sangue de dragão, o que justifica seu traje e a utilização do codinome[4].

Escondido por sua mãe, Tia, em uma ilha, seu ovo foi chocado pelo calor de um vulcão adormecido há mais ou menos 20 a 25 anos. Quando acordou, ele pôde ver seu irmão nascer. Os dois deixaram a ilha e refugiaram-se em um vilarejo no meio do nada[6], onde viveram durante anos. Mesmo sendo amados e tratados com bondade pelos citadinos, Lance sempre escondeu seus poderes dos habitantes e tinha a intuição de que era um dragão. Quando estava sozinho, costumava treinar seus poderes e sua transformação[7].

Ao agarrar-se às assombrações do Sacrifício Azul, evento que originou Eldarya, Lance foi dominado pelo ódio e pelo sentimento de vingança, levando-o a jurar destruir o mundo de Eldarya, os faeries e, também, os humanos, que seriam os culpados pela morte de seus pais e pela extinção de sua raça. Ele acreditava que os faeries eram criaturas ingratas e que não mereciam viver às custas do sofrimento de seu povo[6].

Além disso, o personagem também nutre um descontentamento imenso com a Grande Guarda de Eel, acusando-os de utilizar sua posição de protetora do Grande Cristal para acobertar suas mentiras e atitudes terríveis. Uma das atitudes recriminatórias seria ter matado os descendentes de dragões, com a ideia de que isso reestabeleceria o equilíbrio faltante do Cristal [6].

Decidido a acabar com esse tormento, Lance constrói um plano para destruir o Cristal e libertar as almas dos dragões sacrificados. Ele, que antes ocupava o cargo de Chefe da Guarda Obsidiana, forja sua morte e deixa as Terras de Eel, em busca de aliados.

Sua primeira tentativa, entretanto, não foi o suficiente para destruir o Cristal, mesmo que, ao estilhaçá-lo, conseguiu provocar uma grande instabilidade no mundo, enviando diversos fragmentos aos cantos mais vastos do mundo. Aproveitando-se dessa instabilidade causada ao mundo e, principalmente, à Guarda, ele invade diversas vezes o Quartel General, tanto para causar o caos[3] quanto para ir em busca de itens de alquimia e outros objetos que possibilitariam seu plano ser colocado em prática.

Aliado a Leiftan, traidor da Guarda e responsável por repassar todas as informações que a Guarda obtinha à ele, Lance esteve mais próximo que nunca de cumprir seu objetivo. No entanto, com o surgimento de Erika e sua posição em relação ao Oráculo, a aliança entre os dois foi rompida, restando apenas os pactos que impediam qualquer um dos dois de revelar informações comprometedoras sobre seu antigo parceiro.

A New Era[]

Após o fim da guerra e a morte de seu irmão, Lance se rende à Grande Guarda, sob a condição de assistir ao velório de Valkyon, mesmo que à distância. Por não ser digno de confiança, Miiko recusa sua condição e o mantém preso, estado que dura por cerca de um ano.

Após a partida de Miiko e a remodelação da Guarda, Huang Hua, precisando de um guerreiro experiente para treinar os novos recrutas, decide sondar a mente de Lance. Descobrindo apenas arrependimento e remorso pelo passado, ela decide o libertar e encarregá-lo dessa função. Com o desenrolar de suas missões, Lance é readmitido à Guarda e, provando ser digno de confiança, ele retoma seu cargo como chefe da Guarda Obsidiana[8].

Aparência[]

The Origins[]

Nota: Os seguinte artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, leia por sua própria conta e risco.

A armadura de Ashkore é inteiramente composta pelas cores preto e vermelho. Sua máscara tem lentes vermelhas brilhantes e dois grandes chifres centrais, enquanto os demais adornam suas laterais. Usa uma blusa de manga comprida com faixas vermelhas na borda e faixas pretas ao longo dos braços, assim como uma calça preta com estampas vermelhas em suas laterais. Por cima, usa uma túnica preta que vai até a altura de seu quadril, presa ao tronco por cordas trançadas. Na ponta central da túnica, pode-se ver um símbolo suspenso junto de uma gema dourada.

Nas mãos e pés, usa luvas e botas pretas que possuem padrões vermelhos estampados. Nos ombros, usa ombreiras cinzas reluzentes, presas por uma corda vermelha trançada, e que possuem, em cada ponta, guizos dourados suspensos, também, por cordas. Ligada às ombreiras, está uma capa vermelha que se divide em duas pontas longas.

Sem sua máscara, observa-se que o personagem tem pele parda, cabelos brancos e curtos, com pequenas madeixas que caem sobre seus olhos azuis-claros. Em seu rosto, pode-se notar cicatrizes no nariz.

Na sua forma dracônica, Lance tem o corpo recoberto por escamas de gelo que deixam clara a sua natureza.

New Era[]

Após 7 anos, seu corpo aparenta estar mais musculoso. Lance deixou seu cabelo crescer, de forma a prendê-lo em um rabo-de-cavalo curto e, assim como o cabelo, deixou crescer uma barba rala.

O personagem usa uma armadura azul e prata, com detalhes em verde. A textura do tecido de sua camiseta parece imitar as escamas de sua forma dracônica, assim como suas ombreiras imitam os espinhos de gelo. Na altura do pescoço, encontra-se uma cabeça de dragão com chifres azuis em formato de pingente. Usa uma calça preta com detalhes pratas que seguem até os pés.

Na cintura, a mesma cabeça também é encontrada na fivela de seu cinto, presa com faixas de couro e mais dois tecidos, um preto com bordas prateadas e outro azul com uma faixa turquesa na borda. Usa, também, uma faixa branca estampada com linhas abstratas turquesas.

Em um lado do quadril, possui uma faca prateada com detalhes verdes, presa por uma cordas verdes trançadas, no outro, uma espada também prateada e com pedras verdes, mas com cabo azul e um efeito azulado ao longo da parte lisa da lâmina.

Nos pés e mãos, com a mesma textura de escamas de sua camiseta, estão suas botas e luvas. As luvas mostram seus dedos e, em cima das mãos, possui gemas azuis claro. Nos joelhos, usa joelheiras azuis escuro com gemas azuis claro no centro, presas por faixas azuis turquesa e faixas de couro.

Personalidade[]

Nota: Os seguinte artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, leia por sua própria conta e risco.

The Origins[]

Lance, de início, parece ser misterioso. No entanto, o descobrimos bastante ressentido, agressivo e sarcástico. Seu caráter é impetuoso, explosivo, temperamental e impulsivo, muitas vezes sendo extremamente irresponsável[9] e impaciente. Valkyon diz que o Lance que conhecera era muito gentil e empático, cativando a todos desde criança[5].

Devido aos seus objetivos, cedeu ao sentimento de vingança, sendo levado à loucura, e tornou-se uma pessoa sanguinária, matando até mesmo mascotes, como o Sitourche de Ykhar[10] e os Draflayels de Memória.

A New Era[]

Ele aparenta ter deixado a sua antiga personalidade para trás, pois agora tem um temperamento bastante calmo. É conhecido por ser o melhor guerreiro da Guarda de Eel, honesto e muito profissional.

De acordo com os membros da guarda, ele é uma pessoa solitária e guarda profundo pesar, mesmo depois de sua prisão após o Sacrifício Branco. Mesmo que ele realmente não tenha amigos, ele parece ser uma figura admirada e mentor aos olhos de Mateus. Ele também está acostumado a salvar a vida de seus companheiros de equipe, arriscando a própria vida.

Habilidades[]

Ao longo da trama, vemos que suas habilidades são extremamente notórias. Lance é um exímio espadachim, além de ser um adversário incrivelmente competente no combate corpo-a-corpo, levando vantagem pela sua força e seus poderes de dragão.

Recebendo a bênção de Quione ao nascer, ele tem como domínio elementar o gelo[11]. Seus poderes aparecem de diversas formas, como a cuspir chamas, criar de ilusões[12], barreiras e cordas energéticas[13], despertar asas[11] e transformar-se propriamente num dragão. Além disso, também possui um fator de cura, quando chamas azuladas curam seus ferimentos, fazendo-os cicatrizar[14].

Relacionamentos[]

Nota: Os seguinte artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, leia por sua própria conta e risco.

Miiko[]

A Kitsune o amava e, sabendo que não era correspondida, nunca chegou a confessar seu interesse pelo dragão. O retrato de Valkyon e Lance, encontrado na poltrona do quarto do primeiro, foi um presente dado por ela[10]. Após sua morte forjada, Miiko sofreu muito, principalmente por não terem encontrado seu corpo.

Tia[]

Apesar de não ter conhecido seus pais, Lance vê, por meio da Esfera das Lembranças em Memória, sua mãe antes do Sacrifício Azul e fica extremamente abalado, principalmente quando seu bisavô, Fáfnir, diz que ele é muito parecido com ela, tendo herdado seu comportamento temperamental e explosivo.

Chrome e Leiftan[]

Em The Origins, apesar de trabalhar com Leiftan e Chrome, Ashkore não parece nutrir um bom relacionamento com nenhum dos dois. Ele é detestado pelo jovem lobisomem, bem como pela hamadríade, Yvoni, que também era aliada de seu projeto de destruição[9]. Ash e Leiftan frequentemente entravam em discussões que, muitas vezes, envolviam a Guardiã[4].

Valkyon[]

Enquanto Ashkore, Lance não parece nutrir sentimentos pelo seu irmão gêmeo. Pelo que Valkyon diz, no entanto, parece que eram bastante próximos antes dele se afastar da Guarda[5]. Ao tornar-se chefe da Guarda Obsidiana, Valkyon o presenteou com uma adaga de lâmina única[5].

Trivialidades[]

Nota: Os seguinte artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, leia por sua própria conta e risco.

  • O pseudônimo "Ashkore" é o nome verdadeiro de um antigo dragão[3].
  • Ele recebe informações de espiões que estão dentro da guarda[3].
  • Ele ajudou a Guardiã nos episódios iniciais por ordens de Leiftan[9].
  • Ele sabe ler em grego[6].
  • Segundo Lance, ele e o irmão tem por volta de 20 ou 25 anos na primeira temporada[11].
  • Ao perguntarem se Lance é seu filho, Fáfnir revela que ele é, na verdade, seu bisneto[15].
  • Assim como seu irmão, Valkyon, Lance não parece se incomodar com a nudez[16].
  • No Halloween de 2021, um traje inspirado em suas vestes em The Origins pôde ser obtido ao fazer uma recarga no banco: Origin's Villain.
  • Lance afirma servir de cobaia para provar venenos durante as missões, porque sua raça é extremamente resistente e, para os dragões serem derrubados, as doses precisam ser igualmente extremas[17].

Ilustrações[]

Referências[]

Navegação[]

Advertisement